Capitão Amador

CAPITÃO AMADOR
inscrições serão feitas em todas essas  Organizações Militares nos meses de janeiro e julho para exames a serem  realizados respectivamente nos meses de abril e outubro do mesmo ano.
O exame para a categoria de Capitão Amador dever á ser solicitado pelo
candidato à CP/DL ou AG por meio de requerimento. Deverá ser anexado ao
pedido de exame a cópia da CHA de Mestre-Amador.
O exame constará de uma prova escrita, com a duração máxima de quatro
(4)horas.
A prova constará de questões práticas e teóricas , que serão elaboradas pelo  CIAGA, segundo orientação da Diretoria de Portos e  Costas.
A nota final da prova será o somatório dos ponto s obtidos nas diversas
questões, num total máximo de (10) pontos.  f) Será considerado aprovado o candidato que alcançar um percentual mínimo  de acerto igual a 50% (cinqüenta por cento).
O candidato deverá portar os seguintes documento e materiais para a
execução da prova:
1) protocolo da inscrição;
2) carteira de identidade;
3) Almanaque Náutico Brasileiro (ano corrente do exame);
4) Tábuas das Marés (ano corrente do exame);
5) Material de desenho: lápis preto ou lapiseira, régua paralela e/ou um par de
esquadros, compasso e borracha para desenho; e
6) caneta esferográfica azul ou preta.
h) Pedidos de vista de prova devem ser endereçados ao Comandante do
Centro de Instrução Almirante Graça Aranha, até trinta dias após a data da
divulgação dos resultados. caso seja reprovado,  mediante nova inscrição e pagamento da respectiva taxa.
Programa para Exame de Capitão Amador
a) Navegação Astronômica
b) Navegação Eletrônica
c) Estabilidade
d) Meteorologia e Oceanografia
e) Comunicações
f) Sobrevivência no Mar
O assunto Navegação Astronômica abordará os seguintes tópicos:
a) noções básicas de astronomia aplicada à navegação
1) Medida de tempo – Hora média local (HML), Hora média de Greenwich (HMG),  Hora legal, Fusos horários; e
2) Uso do Almanaque Náutico Brasileiro.
b) Cálculo da hora legal da passagem meridiana superior do sol pelo processo
aproximado.
c) Posição pela passagem meridiana do sol.
1.3 – O assunto Navegação Eletrônica abordará os seguintes tópicos:
a) Uso dos sistemas de navegação por satélite (GPS e DGPS)
b) Navegação radar
1) Poder discriminador em marcação;
2) Poder discriminador em distância;
3) Técnicas de navegação com o radar; Aterragens –
Navegação Costeira –
Navegação de Praticagem;
4) Auxílio à Navegação Radar (RACON);
5) O radar como importante recurso para evitar colisão no mar; e
6) Uso do Sistema Automático de Identificação (AIS)
.c) Navegação batimétrica
1) O uso do ecobatímetro na navegação.
1.4 – O assunto Estabilidade abordará os seguintes tópicos:
a) Noções básicas sobre flutuabilidade, estabilidade e reserva de flutuabilidade
1) Pontos notáveis de estabilidade (centro de gravidade, centro de carena e
metacentro);
2) Altura metacêntrica; e
3) Condições de equilíbrio de uma embarcação.
b) Alterações da flutuabilidade e da estabilidade
1) Causas da banda permanente e formas de correção;
2) Efeito de superfície livre (causas, precauções e correções);
3) Variação das condições de estabilidade durante uma viagem (mau tempo,
embarque de água do mar, consumo, água aberta e avarias); e
4) Variação da estabilidade de uma embarcação, em função da alteração do
projeto inicial de construção.
1.5 – O assunto Meteorologia e Oceanografia abordar á os seguintes
tópicos:
a) Elementos meteorológicos:
1) Pressão atmosférica;
2) Umidade relativa do ar;
3) Nebulosidade e nevoeiro;
4) Circulação do ar; e
5) Frentes frias, quentes, oclusas e estacionárias.
b) Interpretação de boletins, cartas sinóticas e imagens de satélites meteorológicos.
1) Análise do estado do tempo relacionado aos centros de alta e baixa pressão
atmosférica e frentes constantes dos boletins meteorológicos;
2) Interpretação dos avisos de mau tempo;
3) Interpretação da configuração isobárica das cartas sinóticas;
4) Interpretação dos elementos meteorológicos apresentados na carta sinótica de pressão à superfície (direção e intensidade do vento, cobertura do céu,  tempo presente), linhas de instabilidade e evolução das frentes); e
5) Identificação dos elementos meteorológicos apresentados nas imagens de
satélites meteorológicos.
c) Interação Oceano-Atmosfera
1) Ondas e marulhos;
2) Características das correntes costeiras e oceânicas;
3) Principais correntes oceânicas; e
4) Estado do mar (Escala Beaufort).
d) Cartas Piloto e Marés
1) Identificação da representação gráfica dos elementos meteorológicos e
oceanográficos apresentados nas cartas piloto;
2) Identificação dos parâmetros das marés de sizígia e quadratura; e
3) Interpretação das cartas de correntes de marés.
1.6 – Comunicações
:a) Comunicações na Navegação Oceânica
1) Equipamentos, procedimentos, freqüências de socorro, chamada e trânsito;
2) Estações de terra; e
3) Uso e funcionamento do EPIRB e do SART.
1.7 – Sobrevivência no Mar:
1) Técnicas e Procedimentos de Sobrevivência em mar aberto; e
2) Navegação em balsas salva-vidas.
1.8 – Bibliografia Recomendada:
Obs.: Os títulos abaixo especificados não esgotam a
literatura a ser consultada
pelo candidato.
a) Navegação: A Ciência e a Arte Vol. I – Navegação Costeira, Estimada e em
Águas Restritas, de ALTINEU PIRES MIGUENS (www.dhn.mar.mil.br).
b) Navegação: A Ciência e a Arte Vol. II – Navegação Astronômica e Derrotas,
de ALTINEU PIRES MIGUENS (www.dhn.mar.mil.br).
c) Capitão Amador Navegando Seguro em Cruzeiros de  Alto Mar, de JAIME
ROBERTO DA COSTA FELIPE.
d) Como Navegar pelo Sol, de GERALDO LUIZ MIRANDA DE BARROS.
e) Meteorologia e Oceanografia, usuário Navegantes, de PAULO ROBERTO
VALGAS LOBO E CARLOS ALBERTO SOARES.
f) Sobrevivência no Mar, de CELSO AJ. DE REZENDE.

Contato:

(48) 98485-8073 (Tim – WhatsApp)

(48) 98402-4024 (Oi – WhatsApp)

(48) 99658-5076 (Tim)

cursos@vidamaritima.com.br

× Como posso te ajudar?